África do Sul pulveriza contra-relógio por equipas

9 de Setembro 2011, 14:56

Os ciclistas sul-africanos voltaram a estar em destaques nas provas de contra-relógio realizadas esta manha nas principais artérias da cidade de Maputo que voltaram a registar restrições de circulação durante o período de realização das provas.

Desta feita, os sul-africanos destacaram-se na prova por equipas ao conquistarem a medalha de ouro, fazendo o tempo de 35 minutos, 14 segundos e quatro centésimos, nos 26.4 km que foi a distância do percurso observado nesta corrida. A "team" sul-africana foi compostas pelos ciclistas Janse Van Rensburg, Darre Lill (primeiro e segundo classificado no contra-relógio individual), Jay Thomson e Nolan Hoffman.

A equipa das Ilhas Maurícias constituída por Yannick Lincoln, Pascal Labaud, Caetane Hugo e Yolain Calypso cortou a meta na segunda posição ao fazer o percurso em 37 minutos, seis segundos e 82 centésimos, superando a turma argelina que fez o percurso em mais dois minutos, 39 segundos e 42 centésimos que a equipa primeira classificada.

A equipa moçambicana formada pelos ciclistas João Cuambe, Vicente Mafumo, Mussa Carimo e Gustavo Silva quedou-se na 13a posição ao fazer o percurso em 43 minutos, 46 segundos e 36 centésimos, ou seja mais oito minutos, 32 segundos e 32 centésimos que a equipa sul-africana que conquistou a medalha de ouro.

Depois das provas de contra-relógio individual e por equipas, os ciclistas vão observar um dia de descanso para no domingos participarem na prova de estrada que promete ser bastante animada, tendo em conta que decorrera num circuito que passa pelas artérias da cidade de Maputo, prometendo envolver os maputenses que sairão à rua para aplaudir os ciclistas.

Será um pelotão de aproximadamente uma centena de ciclistas que se farse-ão a estrada numa prova que vai fazer 11 voltas num circuito de 140 km. A partida da prova de estrada vai acontecer na Avenida 10 de Novembro defronte ao Ministério da Juventude e Desportos, devendo passar por avenidas de destaque como a 25 de Setembro, Julius Nyerere, Eduardo Mondlane, Vladimir Lénine, entre outras.

Alfredo Lituri (Texto) e Sérgio Costa (Fotos)

SAPO MZ

Comentários



Banca de Jornais

Votação