Falta de informação dificulta trabalho de Jornalistas

6 de Setembro 2011, 10:53

Estamos a quatro dias dos X Jogos Africanos e a informação continua escassa. Esta situação está a provocar insatisfação por parte dos jornalistas nacionais e estrangeiros, mas o Comité Olímpico dos Jogos Africanos (COJA) garante que a situação já está ultrapassada.

Fazer uma agenda dos Jogos e das modalidades e a devida cobertura tem sido um grande desafio para as redacções de imprensa e jornalistas estrangeiros presentes no país para a cobertura integral dos Jogos Africanos. Esta situação está a provocar insatisfação e descontentamento por parte destes.

Em entrevista à Televisão de Moçambique (TVM), o COJA garantiu que esse problema já está ultrapassado e que os jornalistas vão, a partir desta terça-feira, ter acesso a toda informação desportiva em tempo e hora. “Esta situação deve-se a falta de organização pelas confederações desportivas de várias modalidades que têm o dever de nos trazer os resultados a tempo e hora, para que esta seja filtrada e organizada para mais tarde estar disponível para os jornalistas”, adianta o COJA.

Apesar da falta de programa, o COJA garante ainda que esta situação não impediu a aderência do público nas diversas modalidades. “A aderência do público é satisfatória e não temos razões de queixa”.

Para normalizar esta situação, o COJA contratou uma empresa com o propósito de filtrar e organizar toda a informação de hora em hora e no final do dia os jornalistas poderão ter acesso ao mesmo na sala de imprensa localizada no Estádio Nacional do Zimpeto.

SAPO

Comentários



Banca de Jornais

Votação