Johan Cruyff critica jogo "sujo e feio" da selecção holandesa

22 de Julho 2011, 13:15

O holandês Johan Cruyff criticou hoje o jogo “sujo e feio” praticado pela Holanda frente à Espanha na final do Mundial2010 em futebol, domingo, encontro ganho pelos espanhóis, por 1-0, após prolongamento.

Num artigo publicado no jornal catalão El Periódico, o antigo internacional holandês e ex-técnico do FC Barcelona referiu-se à forma agressiva como a equipa holandesa esteve em campo [nove cartões amarelos e um vermelho], acusando-a de ter jogado de uma forma “lamentável e tristemente suja”, praticando “anti-futebol”.

Para o antigo capitão da célebre “laranja mecânica”, selecção holandesa derrotada no Mundial1974 frente à RFA, o jogo praticado pela Holanda na final foi “feio, vulgar, duro e fechado”, considerando justa a vitória da Espanha, apesar de ter jogado de “uma forma mais individual do que colectiva”.

Cruyff também criticou duramente o trabalho do árbitro inglês Howard Webb, o qual, em sua opinião, deveria ter expulso dois jogadores holandeses antes de mostrar o cartão vermelho ao defesa John Heiting, já no final do prolongamento.

O ex-jogador do Ajax de Amesterdão e do FC Barcelona tinha manifestado sábado em entrevista ao jornal holandês The Telegraaf a sua admiração pela selecção da Holanda, destacando o “trabalho notável" do técnico Bert van Marwijk, elogiando-o por ter "conseguido construir uma equipa forte".

Comentários



Banca de Jornais

Votação