Ministro do Desporto da Somália morre depois de semanas no hospital

22 de Julho 2011, 13:18

Saleban Olad Roble não resistiu aos ferimentos causados pela explosão de 3 de dezembro em Mogadíscio.

Mogadíscio - O ministro somali do Desporto, Saleban Olad Roble, morreu sexta-feira num hospital da Arábia Saudita onde estava internado há semanas, devido aos ferimentos resultantes de um atentado suicida em Mogadíscio.

Saleban Olad Roble foi uma das vítimas da explosão de 3 de dezembro no Shamo Hotel, onde decorria uma cerimónia de formatura médica. No atentado morreram 22 pessoas, incluindo três outros ministros da Somália, nomeadamente os da Educação, do Ensino Superior e da Saúde.

"Ainda não temos a certeza de que o corpo possa ser trasladado de volta da Arábia Saudita. As nossas condolências à família e amigos", comentou à agência Reuters o embaixador da Somália no Quénia, Mohamed Ali Nur.

Comentários



Banca de Jornais

Votação