Moçambique vence Nigéria e ataca liderança do Grupo A

13 de Setembro 2011, 10:26

Garra, coragem, determinação e um excelente jogo do banco técnico estiveram na origem da vitória histórica da selecção sénior masculina de Moçambique diante da Nigéria por 66-65, em jogo inserido na terceira jornada do torneio integrado nos décimos Jogos Africanos Maputo 2011.

Depois de ter saído em desvantagem de oito pontos (25-33) no final da primeira parte que cresceu para 10 (33-43) nos primeiros cinco minutos do terceiro período, Inaqui Garcia jogou com todas armas que tinham a sua disposição e mandou "secar" o extremo-base Usmah que era o principal atirador nigeriano que foi melhor marcador do encontro com 30 pontos e uma percentagem de 86 por cento da linha dos 3 pontos (6 em 7).
Dai para frente Moçambique transfigurou-se por completo com Fernando Manjate (autor de 18 pontos, com um aproveitamento de 63 por cento nos lançamentos de campo) a ser o maestro da recuperação da desvantagem, sendo muito bem apoiado por Armando Baptista a dar luta debaixo das tabelas tendo contribuído com 15 pontos, seis ressaltos (3 ofensivos e igual numero de defensivos) e 71 porcento na linha de lance livre tendo anotado o ponto que igualou a partida a 55 pontos a seis minutos do fim.
Com uma defesa pressionante Moçambique tratou de baralhar as contas da Nigéria, que apesar de todo seu poderio físico, técnico e táctico viu-se incapaz para manter o domínio do jogo.
 A escassos segundos do fim, a Nigéria passou para frente com C.Ugboaja a concretizar um lançamento livre colocando o resultado em 64-65. No entanto a 12 segundos do fim Pio Matos foi largar a bola na cara de um defensor e colocou o resultado em 66-65, com mais cinco segundos por jogar que não deram em nada para os nigerianos, mas sim confirmava-se a vitória de Moçambique perante um dos fortes candidatos ao título.
Caso a equipa anfitriã ganhe o jogo desta terça-feira diante do Ruanda, Moçambique ira assumir a liderança do grupo A, colocando-se numa boa posição para chegar as meias-finais da prova.

Alfredo Lituri (Texto e Foto)

SAPO MZ

Comentários



Banca de Jornais

Votação